BrasilEconomia

Bolsonaro quer excluir intermediários na venda de combustíveis aos postos

O presidente Jair Bolsonaro vai debater a viabilidade do transporte de combustíveis sem a necessidade de intermediários no processo. Depois de ter defendido, na última semana, a comercialização de etanol diretamente entre os postos de combustíveis e as usinas, ele sinalizou apoio à venda direta de óleo diesel e gasolina importada aos postos.

Para a discussão do assunto, ele foi ao ministério de Minas e Energia conversar com o titular da pasta, Bento Albuquerque. Também participa da reunião o diretor-geral da Itaipu Binacional, Joaquim Silva e Luna. Ele não deixou claro todos os assuntos a serem discutidos, mas sinalizou que devem estar na pauta os preços do gás e dos combustíveis.

Desde o início do conflito entre Estados Unidos e Irã no Oriente Médio, Bolsonaro se reúne quase que semanalmente com Bento para discutir medidas para mitigar eventuais impactos sobre os combustíveis. O presidente disse que, na terça-feira (14/1), conversou com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), sobre medidas que, na prática, podem baratear o custo de combustíveis.

Iniciativa

Entre essas iniciativas está a aprovação do Projeto de Decreto Legislativo (PDC) 978/18, de autoria do senador Otto Alencar (PSD-BA). A redação anula um artigo da Resolução 43/09 da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) que veda a comercialização de etanol diretamente entre os postos de combustíveis e as usinas.

Mas essa não é a única pauta que Bolsonaro se mostra interessado em votar. “Não é apenas a venda direta de etanol para o posto de combustível, é de outros derivados também. Nós importamos óleo diesel, gasolina. Por que não do porto ir direto para o posto de gasolina? Por que tem que viajar centenas de quilômetros? Isso depende de decisão da ANP. Mas, conversando com Rodrigo Maia, muitas vezes a gente não depende da decisão deles, depende de revogar uma decisão, e o Congresso tem poder para revogar essas decisões”, destacou.

Fonte

Posts relacionados
Economia

Clientes de bancos podem acessar serviços do governo pelo aplicativo

Economia

Novo marco legal do câmbio facilitará adesão do Brasil à OCDE, diz CNI

Brasil

Capital paulista fecha 2020 com mais de 50 mil imóveis novos vendidos

Brasil

UFMG desenvolve vacina contra a covid-19

Assine nossa Newsletter e
mantenha-se informado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Captcha loading...