BrasilEconomia

Ibovespa amplia ganhos com otimismo externo

Por Luciene Miranda

O Ibovespa ampliou ganhos na tarde de hoje (13), seguindo o otimismo no exterior com a espera de investidores pelo acordo entre China e Estados Unidos, previsto para esta semana. Às 15h, horário de Brasília, o Ibovespa subia 1,56% aos 117.265 pontos. O dólar também tinha forte valorização em relação ao real, com alta de 1,03% a R$ 4,14.

A primeira fase do acordo para um consenso quanto às tarifas sobre produtos comercializados entre China e EUA é aguardada para esta quarta-feira (15), em cerimônia na Casa Branca, em Washington, com as presenças do presidente norte-americano, Donald Trump, e do vice primeiro ministro chinês, Liu He.

LEIA MAIS: Ibovespa segue otimismo do exterior com expectativa pelo acordo EUA-China

A iminência deste acordo impulsiona os ganhos de ações brasileiras, principalmente de empresas ligadas à mineração e à siderurgia, grandes fornecedoras de produtos e matéria-prima para a China. Às 15h, horário de Brasília, CSN (CSNA3) era a segunda maior alta do Ibovespa, com ganhos de 4,08% a R$ 14,79. Logo atrás, Gerdau (GGBR4) subia 3,34% a R$ 21,64. As ações ordinárias da Vale (VALE3) tinham valorização de 2,83% a R$ 54,87.

Já os destaques de baixa eram da Sulamérica (SULA11), com menos 1,88% a R$ 63,11, seguida de BB Seguridade (BBSE3) com perdas de 0,99% a R$ 36,04.

Agora à tarde, o Ministério da Economia divulgou os dados da balança comercial brasileira, que registrou um superávit (mais exportações que importações) de US$ 46,674 bilhões em 2019, menor valor em quatro anos. Na comparação com 2018, houve uma redução de 19,6% no indicador, quando o superávit foi de US$ 58,033 bilhões.

***

Luciene Miranda é jornalista especializada em Economia, Finanças e Negócios com coberturas independentes na B3, NYSE, Nasdaq e CBOT.

.Fonte

Posts relacionados
Brasil

Bolsonaro assina decreto que regulamenta programa Casa Verde e Amarela

Brasil

Lava Jato doa obras de arte ao Museu Oscar Niemeyer, em Curitiba

Economia

Ford encerra sua produção no Brasil

Brasil

Correios lançam no Rio modalidade de entrega com armários inteligentes

Assine nossa Newsletter e
mantenha-se informado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *