Hot NewsVideo News

Porta-voz da C&A destaca potencial da blockchain e diz que varejista usa tecnologia para rastrear producão

Stephanie Klotz, gerente sênior de comunicação do Instituto C&A, destacou, em entrevista ao jornal Folha de S. Paulo, o potencial da tecnologia blockchain na construção de mais confiança no setor de varejo. Afirmou, também, que a C&A já adotou a tecnologia em sua cadeia de produção.

Segundo ela, a gigante do “fast fashion” utiliza a blockchain para rastrear itens da cadeia de produção das roupas vendidas nas lojas da marca:

“Acreditamos que a transparência desempenha um papel importante na transformação da indústria, especialmente para melhorar as condições de trabalho do produtor. Por exemplo, o Instituto C&A lançou uma maneira de rastrear a produção de roupas usando a tecnologia blockchain. Esse sistema publica as informações sobre a produção e garante que haja transparência entre as marcas e os seus consumidores. É um exemplo atual de inovação e tecnologia que está ajudando a impulsionar a transparência na indústria da moda”.

A gerente ainda reforçou que o desafio mais importante para a sustentabilidade na moeda é mudar as mentalidades.

“Fazer negócios como se fez sempre não é uma opção, e não podemos apenas pensar em mudanças incrementais. Devemos nos desafiar a pensar em grandes soluções revolucionárias que irão transformar fundamentalmente a indústria”, afirmou.
.
Não é a primeira varejista do mercado de moda que mostra intimidade com o tema das criptomoedas e da blockchain. Como reportou o Cointelegraph, a marca de luxo Alyx vai usar a tecnologia de contabilidade distribuída (DLT) da Iota para rastrear sua cadeia de suprimentos.

Fonte

Posts relacionados
Hot NewsTrending

Fundação Stellar vai distribuir R$ 500 milhões da criptomoeda XLM em rede social

Hot NewsTrending

Clientes pressionam Unick Forex sobre falta de pagamentos em evento da empresa

Hot NewsTrending

Órgão internacional contra lavagem de dinheiro vai coletar dados de quem tem criptomoedas

Hot NewsTrending

Banco do Brasil paga R$ 683 milhões por carteira de crédito do Banco Votorantim

Assine nossa Newsletter e
mantenha-se informado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *