AçõesBrasilEconomiaInvestimentos

Tesouro Direto libera negociação de Tesouro Selic mesmo durante suspensões do programa

SÃO PAULO – O Tesouro Nacional liberou a partir desta sexta-feira (13) o investimento e o resgate no Tesouro Selic, mesmo nos momentos em que as negociações dos demais papéis do programa estiverem interrompidas.

A mudança surge em uma semana de diversas suspensões da plataforma online do governo federal de compra e venda de títulos públicos, diante de um ambiente de maior aversão a risco nos cenários doméstico e internacional.

Nos últimos dias, por conta das paralisações do programa, investidores se queixaram de não conseguir acessar o sistema para resgatar, em especial, o Tesouro Selic, que é atrelado à taxa básica de juros e conhecido por sua alta liquidez.

Isso porque quando há forte volatilidade no mercado, com aumentos ou quedas bruscas nos preços dos títulos públicos, o Tesouro Direto suspende temporariamente as negociações para evitar que o investidor feche transações a um preço que possa ficar rapidamente defasado.

O objetivo, segundo o Tesouro, é garantir que as transações sejam sempre realizadas a taxas justas, alinhadas às taxas praticadas no mercado secundário.

“A novidade resulta de uma força-tarefa de equipes do Tesouro Nacional e da B3 e atende à necessidade dos investidores que queiram comprar ou vender o Tesouro Selic, que representa pouco mais de 33% do estoque do programa, mesmo em momentos de maior volatilidade do mercado”, escreveu o Tesouro em nota.

Fonte: InfoMoney

Posts relacionados
Economia

Vendas do Tesouro Direto têm segundo melhor nível para meses de junho

Economia

Homens são as principais vítimas de golpes financeiros, diz pesquisa

Economia

Caixa e Whatsapp fecham parceria para envio de mensagens sobre auxílio

Economia

Bancos concedem mais crédito a empreendedores mais velhos, diz estudo

Assine nossa Newsletter e
mantenha-se informado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Captcha loading...